Marco500  
Quem Somos--- Designers--- Eventos--- Contato
cida e neguinha

Sem uso de torno, a partir do encontro das mãos com o barro crú, a louça de caboclo é uma herança indígena. Ganha forma, seca na sombra e segue para a queima. Cerca de 3 horas. A pintura preserva o uso de penas de galinha e nuances da argila tauá. Cida e Neguinha são mestres de ofício, reconhecidas pela vida e obra dedicadas a produção e manutenção dessa arte tradicional.

Acumulam, juntas, quase um século de ofício. Aos 7 anos, começavam a moldar o barro. De família de louceiros aprenderam cedo. Mas desacreditavam no poder do seu trabalho e no valor de suas obras. Até que, em 2005, a artista plástica Ana Veloso, coordenando o projeto Estado de Arte passou a orientá-las na criação de peças decorativas e autorais. Certo dia, Cida criou a peça de traços simples e elegantes, as cabeças. Feições marcantes e acabamento impecáveis. Em 2011 participava, ao lado de Neguinha, da Fenearte como mestre-artesã e hoje criam peças que estão tomando conta dos projetos de decoração pelo Brasil e o mundo. Guardiãs de memórias marcadas pela herança de antigas matrizes culturais e pela criação de novas técnicas. Artistas com destreza técnica, que se expressam através de uma linguagem artística milenar, ancestral, inspirando toda uma nova geração de artesãos locais.

Produtos: CABEÇAS decorativas, tamanduás e utilitários (travessas, panelas, potes)
Materiais: cerâmica
Técnica: modelagem




agreste encantado (Video)
cida lima (Video)
neguinha (Video)
  • imagem 1
  • imagem 1
  • imagem 1
  • imagem 1
  • imagem 1
  • imagem 1